Angústia

Foi naquela manhã que ela amanheceu se questionando o que havia acontecido na noite anterior, tudo parecia uma bagunça, tudo estava completamente longe e distante, e tinha uma coisa desperta naquela garota, um lado que ela não conhecia, e que na verdade, não estava nem um pouco feliz por aquilo ter despertado, era ruim, era escuro, era novo e pra piorar, ela não sabia como lidar com aquilo. Quando as coisas começam a acontecer muito rápido como agir? Como sair de um sentimento e entrar em outro, sem querer, sem pedir, sem enlouquecer antes? Se esforçar para não ter os sentimentos abalados, os neurônios queimados, e um cérebro explosivo, um coração explosivo.

É complicado aquele sentimento que surge quando você se auto sabota, confia na pessoa errada e parece ainda pior, quando você não aprende nunca, vai lá e faz de novo. Ela havia despedaçado o coração daquele rapaz, e não sabia como ir atrás pra conseguir juntar tudo, ela havia falado que ele não se arrependeria, mas ela mesmo fez com que isso acontecesse, ela não sabe lidar nem com ela mesmo, como que queria tentar lidar com um outro alguém? Talvez ele tenha razão em tudo que a disse, em tudo que deixou escapar, talvez assim ela comece a agir certo dessa vez.

https://41.media.tumblr.com/tumblr_lvnglj4qFW1r625s8o1_500.jpg

O primeiro pensamento dela naquela manhã foi de como tudo ocorreu rápido demais, alguém invadiu a sua vida e estragou tudo que havia de bom, como se ela estivesse montando um castelo de cartas e quando estivesse no topo, viesse alguém e assoprasse levando abaixo tudo o que levou um tempão para ser levantado e o pior, ela da um jeito de fazer isso com seu próprio ar. Talvez a parte ainda pior seja o fato da pessoa que fez isso, já foi uma das melhores pessoas do mundo, e agora se transformou apenas num sentimento obscuro e frio.

Não dá pra definir tudo que está passando pela cabeça daquela garota, enquanto ela olha a sua xícara de chocolate quente, fingindo que está tudo bem e sorrindo pras pessoas que passam a sua volta, é complicado definir a falta que aquele garoto vai fazer na vida dela, seus cuidados, seu sorriso, suas broncas, é complicado definir o quando ela gostaria de ser a garota dele, a dos sonhos dele, mas ela erra o tempo todo, tão raramente consegue dar uma bola dentro. E como lidar com a falta? A falta de tudo o que eram, de tudo que ela destruiu, de tudo que foi a culpada e que não adianta voltar, nem pedir desculpas, se sente pior, a cada vez que vê aqueles sonhos descendo pelo ralo, indo pelo bueiro abaixo, como se realmente fosse água, escorrendo pelos seus dedos e mesmo que feche as mãos, ela cai pelos cantos. E no fundo ela só quer acreditar que no final do dia tudo ficará bem, qualquer dia desses, tudo vai ficar bem. Dizem que quando existe amor, tudo fica bem no final, não é?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s